Sabia que tem “queijo gorgonzola, camembert e brie” produzido em Minas?

A culinária mineira é famosa em qualquer canto do país — e até fora dele —, com pratos típicos de dar água na boca, não é verdade? Quem já passou pela experiência da tranquilidade do interior de Minas, com uma mesa composta por café coado na hora, bolo recém-saído do forno e diferentes tipos de queijos sabe do que estamos falando.

O que muita gente ainda não sabe é que nem só de aconchego e simplicidade são feitos os quitutes mineiros. Minas também produz queijos finos, com receitas vindas da Europa, tecnologias sofisticadas e matéria-prima rigorosamente selecionada.

Já consegue imaginar os aromas e sabores que podem resultar disso? Se ficou com vontade de saber mais sobre o assunto, continue por aqui!

Queijos finos

Como bons mineiros, nós amamos o queijinho feito na roça de maneira simples, mas isso não quer dizer que não sabemos apreciar produções mais refinadas. Aquele toque gourmet que traz aromas intensos e sabores considerados exóticos também enchem nossos olhos — e a boca de água!

Há quem diga que é tudo igual: queijo com mofo. Porém, existem diferenças nos detalhes de produção, no tempo de maturação e no tipo de leite utilizado.

O gorgonzola, por exemplo, é um queijo azul geralmente produzido com leite de vaca, com massa cremosa, sabor picante e aroma intenso. Ele foi originalmente fabricado na Itália, na cidade com mesmo nome do queijo, nos arredores de Milão.

O camembert e o brie são originários da França, o primeiro da região noroeste, na Normandia, e o outro da região de Brie. Ambos são originalmente fabricados com leite de vaca cru, mas também é possível encontrá-los feitos com leite de cabra ou ovelha.

O camembert possui superfície maturada, com fina crosta branca acinzentada e interior amarelado. Já o brie é um queijo de pasta mole e crosta branca. O que os diferencia é principalmente o tempo de maturação que cada um demanda para chegar à intensidade de sabor desejada.

Produção de queijos finos em Minas Gerais

A boa notícia é que não é preciso ir para a Europa para encontrar produtores desses queijos sofisticados e saborosos. Na cidade de Soledade de Minas, por exemplo, que fica no alto da Serra da Mantiqueira (sul de MG), é possível encontrar a Val Di Fiemme, pioneira mineira na criação de ovelhas e líder na fabricação de queijo com leite de ovinos.

São Vicente de Minas, também no sul do Estado, é outra referência de cidade mineira que se destaca como produtora de queijos finos. Isso graças à criação de gado leiteiro de raça holandesa e a influência de dinamarqueses que chegaram na região por volta da década de 1920 e implementaram técnicas europeias na produção de queijos diferenciados.

Para completar, não podemos deixar de destacar o trabalho incrível realizado pelo Instituto de Laticínios Cândido Tostes, que oferece em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira, qualificação para profissionais que desejam se especializar na produção de queijos finos — além de outros nas áreas de doce de leite e iogurte, por exemplo.

Com o objetivo de impulsionar o setor produtivo no país e ensinar o alto padrão exigido pelos queijos finos, o curso de “Fabricação de queijos maturados por fungos” oferece aulas de exposição teórica e demonstração prática no interior da usina de laticínios para aqueles produtores que pretendem elevar a qualidade e agregar valor aos seus processos.

Importante ressaltar que os nomes “camembert”, “brie”, “gorgonzola”, são usados somente para os queijos produzidos nas regiões onde foram inventados, isto é, o local da receita original. Isso é o famoso “terroir” do queijo. Falamos sobre isso em um outro artigo, clique aqui pra acessar! No caso dos queijos que seguem receitas semelhantes, mas são produzidos em outros locais, usa-se o termo “tipo” na frente do nome, sendo “tipo gorgonzola” ou “tipo brie”.

Agora que você já sabe que em Minas também são produzidos queijos finos do tipo gorgonzola, camembert e brie, que tal valorizar o queijo nacional como uma iniciativa para fomentar a economia local? Em nossa loja você encontra todas essas iguarias! Temos tanto no loja virtual quanto nas lojas físicas.

Se você tem amigos que também precisam saber disso, compartilhe esse post em suas redes sociais e mostre que você sabe tudo sobre as gostosuras mineiras!

0

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Carrinho